BiblioBeiriz

Serviços de Biblioteca – Agrupamento de Escolas Campo Aberto – Escola E.B. 2/3 de Beiriz

Provérbios – Natal

Posted by bibliobeiriz em Dezembro 12, 2007

  • Ande o frio por onde andar, no Natal cá vem parar.
  • Caindo o Natal à segunda-feira, o lavrador tem de alargar a eira.
  • De Santa Catarina ao Natal, mês igual.
  • Dos Santos ao Natal é bom chover e melhor nevar.
  • Dos Santos ao Natal, Inverno natural.
  • Dos Santos ao Natal, perde a padeira o cabedal.
  • Dos Santos ao Santo André, um mês é; de Santo André ao Natal, três semanas.
  • De Todos os Santos ao Advento, nem muita chuva nem muito vento.
  • Do Natal à Santa Luzia, cresce um palmo o dia.
  • Entrudo borralheiro, Natal em casa, Páscoa na praça.
  • Laranja antes do Natal, livra de catarral.
  • Mal vai a Portugal, se não tem três cheias antes do Natal.
  • Não há ano afinal que não tenha o seu Natal.
  • Natal ao sol, Páscoa ao fogo, fazem o ano formoso.
  • Passado o Natal, crescem os dias um biquinho de pardal.
  • Pelo Natal bico de pardal, vai ao laranjal.
  • Pelo Natal sachar o faval.
  • Pelo Natal se houver luar, senta-te ao lar; se houver escuro semeia outeiros e tudo.
  • Pelo Natal semeia o teu alhal e se o quiseres cabeçudo, semeia-o pelo Entrudo.

Fonte: Provérbios portugueses / [compil.] António Moreira. – 3ª ed. – Lisboa : Notícias, 1997. – 407 p. a 2 colns. ; 21 cm. – (Coisas nossas ; 15)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s