BiblioBeiriz

Serviços de Biblioteca – Agrupamento de Escolas Campo Aberto – Escola E.B. 2/3 de Beiriz

correntes D’escritas 2009- escritores na escola

Posted by Manuela DLRamos em Fevereiro 11, 2009

É já no próximo dia 11 que começa a 10ª edição deste encontro de escritores de expressão ibérica, na Póvoa de Varzim.

correntesdescritas-pdf11Na nossa escola, as sessões com os escritores estão agendadas para os dias 12alunos do 2º e 3º ciclos, e 13 alunos do 4º ano. (Ver entradas sobre as edições anteriores )

Dia 12 , quinta-feira Tema : “O Limite das Palavras”
destinatários: alunos da EB23


1ª sessão-10.30
Escritores :
Dulce Maria Cardoso
João Paulo Cuenca

2ª sessão- 15.30
Escritores :
Luísa Monteiro
Luís Silva
…………………………………..

DULCE MARIA CARDOSO
Breve biografia: «Dulce Maria Cardoso nasceu em Trás- os – Montes, em 1964, na mesma cama onde haviam nascido a mãe e a avó. Tem pena de não se lembrar da viagem no Vera Cruz para Angola. Da infância guarda a sombra generosa de uma mangueira que existia no quintal, o mar e o espaço que lhe moldou a alma. Regressou a Portugal na ponte aérea de 1975. Licenciou-se em Direito pela Faculdade de Direito de Lisboa, escreveu argumentos para cinema, gastou tempo em inutilidades. Também escreveu contos. Tem fé, uma família, um punhado de amigos, o Blui e o Clude. Continua a escrever e a prezar inutilidades. Vive em Lisboa.

O seu romance de estreia, Campo de Sangue, publicado em 2002 e escrito com o apoio de uma Bolsa de Criação Literária do Ministério da Cultura, foi distinguido com o Grande Prémio Acontece de Romance e encontra-se traduzido em França. » in Ed. ASA

Bibliografia:

  • Campo de sangue, Porto: Asa, 2002 ; (ler excerto da edição brasileira >)
  • Os Meus Sentimentos > , Porto: Asa, 2005 (ler opinião de Júlio Conrado > e recensão por Urbano Tavres Rodrigues > )
  • Contos Policiais > , Porto Editora, 2008
  • Até nós > , Porto: Asa, 2008

……………………………………………….
JOÃO PAULO CUENCA
Breve bio-bibliografia pelo próprio autor: «João Paulo Cuenca nasceu no Rio de Janeiro em 1978. É autor de “Corpo presente” (Planeta, 2003), “O dia Mastroianni” (Agir, 2007) e co-autor de “Parati para mim” (Planeta, 2003), que lançou como um dos escritores convidados da primeira FLIP (Festa Literária Internacional de Parati). Os direitos de adaptação de “Corpo Presente” foram comprados pela TV Globo.
Escreveu crônicas semanais para a Tribuna da Imprensa e para o Jornal do Brasil entre 2003 e 2005. Atualmente é colunista do suplemento Megazine do jornal O Globo, onde escreve às terças.
Participou das antologias “Prosas Cariocas” (Casa da Palavra, 2004), “Dentro de um livro” (Casa da Palavra, 2005), “Contos sobre tela” (Pinakotheke, 2005), “Paralelos” (Agir, 2005), “Cenas da Favela” (Geração Editorial, 2007), “Cem melhores crônicas brasileiras” (Objetiva, 2007) e “B39 – Antologia de cuento latinoamericano” (Ediciones B, 2007).
Em 2007, foi selecionado pelo Festival de Hay e pela organização do festival Bogotá Capital Mundial do Livro como um dos 39 autores mais destacados da América Latina com menos de 39 anos.» (
fonte)

Ler entrevista ao autor no site da CMPV.

Blogue do autor.

……………………………………………….
LUISA MONTEIRO
Breve biografia: «Luísa Augusta Monteiro Araújo de Sá nasceu em VN Famalicão (12/06/1968) e reside no Algarve desde 1998. Licenciada em Ciências da Comunicação, pós-graduada em Comunicação e Marketing Político e em Literaturas Românicas – Modernas e Contemporâneas.

Ao longo de 17 anos exerceu jornalismo e publicou artigos literários em diversas revistas. Escreve essencialmente romances, embora se dedique igualmente ao texto dramático, ensaio e biografia , banda desenhada, poesia , crónicas , contos e novelas.» (in Projecto Vercial)

Mais apontadores sobre a escritora: in RADIX , in Biblioteca CMA , in Âncora editores

Bibliografia:

  • As Novas Bruxas do Ave . Campo das Letras, 1998 ( Prémio
  • A Casa das Areias. > Lisboa : Hugin, 2000
  • O Estranho Amável. > Lisboa : Hugin, 2001
  • Tango triste – memento > > . Lisboa : Hugin, 2000 (Prémio Florbela Espanaca)
  • O espírito da Mata – aventuras de Natal no Buçaco. Lisboa : Hugin, 2000.
  • A verdadeira lenda da moura – contos eróticos de Natal. Lisboa : Hugin
  • Do Grão-de-Bico à Avezinha. Paderne : Edigarbe, 2001
  • As fantasias de Quim Boio . AJEA
  • O evangelho das rãs > >. Lisboa: Quasí, 2000
  • Pó d’enraizamento -crónicas d’aguarelas, tigres e tangerinas. > Paderne Paderne Albufeira : Edigarbe, 2002
  • O lagarto : novela para jovens sisudos. Leiria : Magno Edições, 2003
  • O sorriso de Percival >. Ausência, 2003
  • O pentear das águas (poemas musicados por Rui Moura) CMA,
  • Verdemoce e a Grande Questão (BD),
  • Agatha Christie e o fantasma do Bosque sagrado. Âncora, 2004 (Prémio Lions Literatura )
  • As sobredotadas > . Guizos, 2003
  • Coração de Tangerina – contos de descontar > . c/ prefácio por Rómulo de Carvalho. Luso : Roble Azul, 2004 (ler excerto de um conto)
  • A gardadora de gansos > > . Ancora Editora, 2005
  • A vaca-loura. Caleidoscópio, 2005

……………………………………………….
LUÍS SILVA
Breve bio-bibliografia: Como se pode ler no seu site, Luís Silva estudou BD e ilustração na Bélgica tendo regressado a Portugal em 2000. Colaborou na imprensa e publicou recentemente dois livros, O Senhor das Palavras e O Livro da Avó, o último dos quais recebeu o Prémio Bissaya Barreto de Literatura para a Infância (Ler notícia)

<><><><><><><><><><><><><><><><><><><><>

Dia 13, sexta-feira Tema: “A cor das Palavras”

destinatários: alunos do 4º ano das EB1
Sessão única: 10.30

Escritores:
Francisco Xavier Guita Júnior (Guita Jr.) e Nuno Higino

……………………………………………….
Francisco Xavier GUITA JÚNIOR (GUITA Jr.)
Breve bio-bibliografia: Guita Jr. nasceu em Moçambique (Inhambane) em 1964. É professor de Português e membro fundador e coordenador do XIPHEFO, caderno literário que surgiu em 1987 em Inhambane, onde foram publicados os seus primeiros poemas. É autor de Os Aromas Essenciais publicado pela Caminho em 2006 que reúne os livros Da Vontade e De Partir (2000) e Rescaldo (2001). (fonte)

………………………………………………..

NUNO HIGINO
Breve biografia: Nasceu em Sendim, Felgueiras, em 1960.
Licenciou-se em Teologia em 1984 e doutorou-se recentemente em Filosofia pela Universidade Complutense de Madrid. Ordenado padre em 1985, leccionou durante 4 anos no Seminário do Bom Pastor. Entre 1988 e 2001 foi pároco de Fornos, Marco de Canaveses, período durante o qual foi construída a Igreja de Santa Maria, com projecto de Álvaro Siza Vieira. Em 2005 renuncia ao sacerdócio.

Bibliografia (in a Casa da Leitura; ver também aqui ; as obras para um público infanto-juvenil estão assinaladas com a cor)

Sobre a sua obra escreve Rui Marque Veloso (in a Casa da Leitura) : «Sempre escreveu poesia na adolescência e na juventude e o cheiro a livros nunca o abandonou. Durante a sua permanência em Marco de Canaveses escreveu histórias e poemas para as crianças que frequentavam a catequese. Escrever tornou-se um hábito tão regular como, pela manhã, beber o café e passar os olhos pelo jornal ou fazer pequenos trabalhos agrícolas e conviver com os amigos. As vivências das coisas simples e belas, a fruição da Natureza em toda a sua pujança, a capacidade de redescobrir o encanto da luz diáfana do luar alimentam, neste autor, uma enorme força telúrica que lhe permite captar o outro lado das coisas, os ritmos e os tons que passam despercebidos a um olhar pouco atento. Os frutos, as crianças, os insectos, os pássaros e outros pequenos animais protagonizam histórias ou dão corpo a poemas que estimulam a imaginação da criança e tocam os adultos que ainda não perderam a capacidade de encantamento. Nos seus livros encontramos uma escrita originalíssima que surpreende o leitor pela pureza e autenticidade dos textos.»

Anúncios

2 Respostas to “correntes D’escritas 2009- escritores na escola”

  1. Diogo Peixe said

    Caros senhores e senhoras

    Eu sou um grande amigo do escritor Nuno Higino, só que já não estou com ele à muito tempo e também não tenho nenhum contacto dele. Eu ando à procura de um tesouro. Um tesouro que é o contacto dele.
    Agradecia se me ajudassem.

    Respeitosos cumprimentos

    Diogo Peixe

  2. Caro senhor Aconselho-o para o efeito a contactar ou a Câmara Municipal da Póvoa (foi através dos Serviços de Cultura que o escritor se deslocou à escola) ou alguma das editoras dos seus livros.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s