BiblioBeiriz

Serviços de Biblioteca – Agrupamento de Escolas Campo Aberto – Escola E.B. 2/3 de Beiriz

Amor de Perdição

Posted by Manuela DLRamos em Janeiro 14, 2012

.  .
Esq.: Capa da versão digital da Porto Editora

Dir.:  Capa da adaptação da obra –«Colecção de Clássicos da Literatura Portuguesa Contados às Crianças»: Camilo Castelo Branco – AMOR DE PERDIÇÃO – Adaptado para os mais novos por Pedro Teixeira Neves.  Ilustrações de Helena Simas. (1ª ed. Vila Nova de Famalicão : Quasi, 2008- Jornal Sol)

Um dos 24 títulos  desta coleção que a nossa escola recebeu, no ano passado, no âmbito do Concurso «Quem Conta um Conto… acrescenta um ponto» (organizado pelo semanário Sol em parceria com o Plano Nacional de Leitura). Deste livro recebemos 18 exemplares.

  • PARA SABER MAIS

«Foi inspirado pelas suas próprias desventuras amorosas e pela peça de Shakespeare, Romeu e Julieta, que Camilo Castelo Branco escreveu Amor de Perdição, o seu romance mais famoso.
Obra emblemática do Romantismo português, Amor de Perdição conta-nos a história de Simão Botelho e Teresa de Albuquerque, dois jovens que pertencem a famílias distintas de Viseu. Entre ambos nasce um amor que são obrigados a calar pois as suas famílias são rivais e tudo farão para os separar. Mas os amantes acabarão por mostrar através do mais dramático dos actos, que nada, nunca, destruirá o sentimento que os une.» in Camilo Castelo BrancoAmor de Perdição- blogue da editora Leya sobre a obra.

«Amor de Perdição – Novela composta em 1861, por Camilo Castelo Branco, durante o tempo em que o autor esteve preso por adultério na cadeia da Relação do Porto. Foi baseada num episódio real da vida de um tio seu, Simão Botelho, que lhe teria sido contado por uma tia, e cujo registo o autor teria encontrado nos livros de assentamentos da cadeia (…). Continuar a ler In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2012. [Consult. 2012-01-14]. Disponível na www: <URL: http://www.infopedia.pt/$amor-de-perdicao&gt;.

  • Amor de Perdição  (YT) filme de António Lopes Ribeiro (1943) ; ver referências para outras adaptações cinematográficas aqui

e ainda

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: