BiblioBeiriz

Serviços de Biblioteca – Agrupamento de Escolas Campo Aberto – Escola E.B. 2/3 de Beiriz

Archive for Novembro, 2017

Bullying & CiberBullying- Ação debate

Posted by Manuela DLRamos em Novembro 28, 2017

Público alvo: turmas do 7º ano
Dinamizador: Dr. Hélder Jesus (Biblioteca Municipal Rocha Peixoto)
Local: auditório

Alguns recursos sobre o tema compilados no Scoop.it da BE

  • Um manual para combater o ódio na internet
  • APAV para Jovens / Home
  • [Net com Consciência] Ep.02 – Cyberbullying
  • DIA MUNDIAL DO COMBATE AO BULLYING_ Ninguém gosta de ti… faz um favor a todos… mata-te…
  • “IPDJ e FMH lançam brochura ‘Cartão vermelho ao bullying’ no desporto
  • “Eu Não alinho”
  • Cyberbullying: hay una salida! – YouTube
  • Cyberbully – Legendado
  • Cyber Bullying Virus (Adaptación – Español)
  • Bullying, isso não é brincadeira!
  • provocaciones en el Chat – Ciberbullying
  • Safer Internet- Internet mais segura

Posted in Helder Jesus | Com as etiquetas : , , | Leave a Comment »

Concurso Nacional de Leitura_12ª edição_2017 | 2018

Posted by Manuela DLRamos em Novembro 22, 2017

«O Plano Nacional de Leitura 2027 (PNL2027) anuncia a abertura da 12ª Edição do Concurso Nacional de Leitura a que se associam, tal como em edições anteriores, a Direcção-Geral do Livro dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), a Rede das Bibliotecas Escolares (RBE), o Camões IP, a Direção de Serviços de Ensino e Escolas Portuguesas no Estrangeiro (DSEEPE), e a RTP e reafirma a sua intenção de muito fazer para alcançar resultados específicos de promoção da leitura e da escrita junto da população escolar, na atual edição alargando o universo de ação a todos os níveis de ensino básico e secundário.
O Plano Nacional de Leitura 2027, em articulação com os restantes parceiros, tem o grato prazer de convidar as escolas, os alunos, os professores, as famílias e as comunidades intermunicipais/áreas metropolitanas/associações de municípios, a que se associem a esta corrente nacional de incentivo à leitura e à escrita, desenvolvendo os níveis de literacia e de cultura nacional.

Posted in Concurso Nacional de Leitura, Plano Nacional de Leitura | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

Dia Universal dos Direitos da Criança- 20 de novembro

Posted by Manuela DLRamos em Novembro 17, 2017


«A 20 de novembro comemora-se um duplo aniversário que pretende alertar e sensibilizar para os direitos das crianças de todo o mundo: proclamação da Declaração dos Direitos da Criança (1959) e adoção da Convenção sobre os Direitos da Criança * (1989), pela Assembleia Geral das Nações Unidas.

A Convenção assenta em quatro pilares fundamentais relacionados com todos os direitos das crianças (civis, políticos, económicos, sociais e culturais): a não discriminação, o interesse superior da criança, a sobrevivência e desenvolvimento e a opinião da criança.

Para que 20 de novembro seja um dia divertido com uma mensagem séria, das crianças, pelas crianças, a UNICEF apela ao desenvolvimento de iniciativas que deem voz às crianças, em que estas reflitam sobre os seus direitos e expressem o seu apoio aos milhões de crianças que estão fora da escola, desprotegidas e desenraizadas Fonte DGE

  • Convenção ratificada por Portugal em 1990.


«A Convenção sobre os Direitos da Criança contém 54 artigos, que podem ser divididos em quatro categorias de direitos:

• os direitos à sobrevivência (ex. o direito a cuidados adequados)
• os direitos relativos ao desenvolvimento (ex. o direito à educação)
• os direitos relativos à protecção (ex. o direito de ser protegida contra a exploração)
• os direitos de participação (ex. o direito de exprimir a sua própria opinião) » (fonte UNICEFE  ).

Fica a saber mais sobre a Convenção “folheando” a seguinte versão abreviada.

Carrega na imagem para fazeres as palavras cruzadas sobre os Direitos das Crianças.


Para saber +  > Direitos das crianças no Scoop.it da BE aquiaqui .

(Para educadores: Os direitos da criança em perspetiva)

Posted in Direitos das Crianças, UNICEF | Com as etiquetas : , , | Leave a Comment »

AtrapalhArte- Teatro na Escola

Posted by Manuela DLRamos em Novembro 8, 2017

A Companhia ATRAPALHARTE está de volta ao Agrupamento com o novíssimo espetáculo 3 ABÓBORAS E 400 CAMELOS para o pré-escolar e 1.ºciclo.
Sessões: dia 9, na EB1 de Paçô- Terroso e dia 10, na EB Campo Aberto- Beiriz

«Este trabalho junta “As Três Abóboras” (Teatro às 3 Pancadas) de António Torrado a “Sábios como Camelos” (Estranhões e Bizarrocos) de José Eduardo Agualusa.

Escritor reconhecido no panorama da Literatura Portuguesa, António Torrado possui uma obra extensa e diversificada, que integra textos de raiz popular e tradicional, e também de teatro, poesia e, sobretudo, contos, sendo considerado um dos autores mais importantes da literatura infantil portuguesa.

A peça “As Três Abóboras” conta a história de um pobre camponês que enriqueceu graças à sua bondade e honestidade: dialogando com as suas abóboras, que eram para ele o seu bem mais precioso, é interrompido por um mendigo esfomeado que lhe pede uma sopa de abóbora, ensinando aos mais novos a importância da generosidade e ajuda ao próximo.

Por seu turno, “Sábios como Camelos” é um conto que convida a imaginar e a partilhar a aventura da «inventividade», permitindo fantasiar livremente a realidade. O autor coloca neste conto alguns dos padrões literários e culturais típicos das narrativas árabes, pautando a sua reinvenção, por exemplo, pelo exotismo e pelo recurso a figuras comuns nesse universo (o grão-vizir, os camelos….). O protagonismo é concedido a uns camelos tornados sábios e falantes, porque engoliram muitos livros, animais aqui conotados com a memória e, de certo modo, com a generosidade. Neste, como em muitos outros contos, as personagens-animais servem como figuras de reposição do equilíbrio, levando as personagens humanas a refletir, a reconsiderar e a optar pelo Bem e pela Justiça. Deste modo, o final inusitado e feliz é determinado pela intervenção de um camelo.

Inserido no Plano Nacional de Leitura e nas metas curriculares dos 2º e 4º anos, este é a nova aposta da AtrapalhArte para o ano letivo 2017/18.» Fonte – http://atrapalharte.pt/dossier_aboboras.html

Posted in António Torrado, Atrapalharte, José Eduardo Agualusa | Com as etiquetas : , , , | Leave a Comment »

“Payassu – O Verbo do Pai Grande”, a partir do”Sermão aos Peixes” de Padre António Vieira- Igreja Paroquial de Beiriz

Posted by Manuela DLRamos em Novembro 2, 2017

NB:  se ainda não adquiriram bilhetes podem fazê-lo no dia e local do espetáculo através da prof.ª Isabel Neto.

ATENÇÃO: É já amanhã, dia 3 de novembro, pelas 16 horas, na Igreja Paroquial de Beiriz,  a apresentação de “Payassu – O Verbo do Pai Grande“, a partir do“Sermão aos Peixes” de Padre António Vieira, pelo Teatro de Formas Animadas na pessoa de Marcelo LaFontana.

Atividade Integradora do Curso Profissional de Técnico de Restauração

payassu-marcelolafontana-beiriz-sm

Momentos da sessão realizada no auditório da EB23 de Beiriz em janeiro de 2013

A peça “Payassu – O Verbo do Pai Grande” foi preparada em 2008, ano em que se comemorou o 4º centenário do nascimento do Padre António Vieira (1608-1697), a quem os índios brasileiros,  tapuia, chamavam “payassu“, pai grande.

O “verbo” é  a “palavra” do Padre, neste caso o Sermão  aos Peixes,  originalmente pronunciado na cidade de S. Luis do Maranhão, em 1654.

«Hoje ainda, o texto fascina pela beleza da escrita e pela actualidade do tema – a crítica dos poderosos em geral e, em particular, a denúncia dos vícios dos colonos portugueses no Brasil. O sermão é todo ele um rosário corajoso de sátiras pintadas em quadros finíssimos, recorrendo à simbologia da fauna marinha, peixes e não só, para chegar ao homem que é o verdadeiro destinatário do recado. Mensagem expressa de modo subtil, ora louvando as virtudes, ora fustigando os vícios dos prevaricadores, tudo isto, diz Vieira, quando a terra se vê tão corrupta como está a nossa…»  nas palavras de José Coutinhas,  diretor do Teatro de Formas Animadas, a quem se deve a adaptação do texto. in Caderno de Criação de Espectáculo (fonte )

 

 

Posted in Marcelo Lafontana, Padre António Vieira | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »