BiblioBeiriz

Serviços de Biblioteca – Agrupamento de Escolas Campo Aberto – Escola E.B. 2/3 de Beiriz

Archive for the ‘Fernanda Moreira’ Category

Correntes d’Escritas – Contos Infantis Ilustrados

Posted by bibliobeiriz em Outubro 14, 2011

Apresentação de nova edição e divulgação de regulamento para 2012

Hoje, às 15h00, na EB1 de Cadilhe, em Amorim, será apresentado o livro Correntes d’Escritas – Contos Infantis Ilustrados, editado pela Porto Editora, em colaboração com a Câmara Municipal da Póvoa de Varzim. (fonte)

Relembramos que a turma do 4º ano, da professra Fernanda Moreiras, ganhou o 3º Prémio: “Uns Peluches Especiais”, na edição de 2011.
Vamos lá estar!

Atualização:

Escritores e ilustradores de palmo e meio

“Talento dos mais novos em livro: Correntes d’Escritas – Contos infantis ilustrados na Póvoa de Varzim”: «Luís Diamantino transmitiu que se sentia honrado e orgulhoso “por estar numa escola do meu concelho, premiada, a realizar a sessão de lançamento de um livro, que existe graças a toda a iniciativa da Porto Editora no sentido de promover a leitura, a criatividade e a escrita”. Sobre o trabalho que arrecadou o 3.º prémio, o Vereador da Cultura assinalou que era “uma história muito fofa, que fala de peluches que ganham vida”. Ao tratarem os animais em vias de extinção, os alunos mostraram que estão atentos ao mundo em que vivem e passam para o papel os seus desejos, acrescentou. “É um momento de criação muito lindo”, constatou, referindo-se a outro aspecto muito importante, o enriquecimento vocabular dos alunos e a preocupação com a escrita.  » ler mais in MetroNews

Posted in Correntes d'Escritas, EB1 de Cadilhe-Amorim, Fernanda Moreira | Com as etiquetas : , , , | Leave a Comment »

“Uns peluches especiais” – conto

Posted by Manuela DLRamos em Abril 23, 2011

Este conto já fez história… e ei-lo agora de novo aqui divulgado em formato de livro digital. Foi a  nossa escolha para assinalar o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor que se comemora hoje.
Escrito pela turma do 4º A da EB1 de Cadilhe-Amorim orientada pela professora Fernanda Moreiras, “Uns peluches Especiais” foi notícia em Fevereiro (ver aqui,  aqui e aqui) por ter alcançado um honroso 3º lugar no Concurso Conto Infantil Ilustrado Correntes d’Escrita /Porto Editora.

Não é preciso esperar pela publicação da antologia de contos desta edição do Concurso, para ler “Uns peluches especiais”, basta carregar na foto para aceder ao referido conto  em formato de livrinho digital de 24 páginas (descarregável em pdf).

Aqui ficam, só para abrir o apetite, uns excertos de uma narrativa que surpreende pela sua inteligência e desenvoltura.

«Mais um dia! Estava frio! O inverno andava por perto.
Os meninos daquela sala resolveram trazer os seus peluches preferidos. Queriam
conhecer-se melhor, através dos seus preciosos amigos. Foi uma reinação!  (…) 

(…) Durante a noite, a Ana Luísa dormiu aconchegada a um bonito sonho. Sonhou sonhou…O panda Chinoca do Artur, o burro Fosquinhas da Bárbara F e o lobo Dentuça da Antónia M estavam num famoso Jardim Zoológico.
Era época natalícia e as pessoas traziam um gorro na cabeça, igual ao do Pai Natal. Atropelavam-se, num rodopio, para observar estes fantásticos animais.
Ela, encantada, comia pipocas enquanto ouvia os comentários que iam fazendo os transeuntes e ao mesmo tempo, observava um frondoso plátano (que não era o da Beatriz)!(…)

Por momentos, a intervenção do colega levou-a para o mundo do fantástico, relembrando todos os contos que lera na escola onde os animais eram as personagens principais de histórias extraordinárias com finais felizes ou …nem por isso. Era possível ver a amizade entre o lobo Dentuça e a
ovelha Choné, a tartaruga e a lebre em amena cavaqueira, o burro Fosquinhas e a vaquinha Manchas a combinarem a posição a ter junto da manjedoira, no próximo Natal… (…)

 Iam conseguir! Iam conseguir! E todos cantaram com alegria.
Lembraram-se da professora. Onde estaria  ela?
Mais um dia! Estava frio! O inverno andava por perto… e o Natal também!»

Na história do 4º A, agrada a trama narrativa extremamente bem engendrada, assim como um diálogo animado, entre meninos e meninas cujos ideais, de uma cidadania preocupada com o meio ambiente e os animais, são enriquecidos pela recorrente referência ao mundo do imaginário, ao mundo das histórias e dos clássicos da literatura.  Sente-se bem a mediação da mestra, o gosto pela leitura, o seu leve toque de ironia, o vocabulário cuidado e, claro, a presença tutelar do gato Zorbas e da gaivota Ditosa.

Posted in Correntes d'Escritas, Fernanda Moreira, Natal | Com as etiquetas : , , , , | Leave a Comment »