BiblioBeiriz

Serviços de Biblioteca – Agrupamento de Escolas Campo Aberto – Escola E.B. 2/3 de Beiriz

Posts Tagged ‘canção’

Pindorama- Palavra cantada

Posted by Manuela DLRamos em Maio 3, 2016

Foi há 516 anos, em finais de abril, que Pedro Álvares de Cabral chegou às terras que apelidou de Vera Cruz. No dia 1º de maio, Pêro Vaz de Caminha, cavaleiro real e escrivão que seguia na armada com a missão de relatar a viagem (que pretendia ir para a Índia mas aportou primeiro às terras do Brasil), terminava a sua célebre carta ao rei D. Manuel I.

Por essas razões (e porque os alunos do 5º ano andam a estudar os “Descobrimentos”), aqui fica esta canção do grupo Palavra Cantada, com as vozes de duas crianças, uma a cantar em português do Brasil e outra em português de Portugal. Espero que gostem, tanto como nós.

[Pindorama: palavra derivada do Tupi-Guarani, significa Terra das Palmeiras (seria o nome que os nativos chamavam às terras brasileiras quando do descobrimento pelas naus portuquesas comandadas por Pedro Álvares Cabral)]

PINDORAMA (Terra à vista!)

«Pindorama, Pindorama
É o Brasil antes de Cabral
Pindorama, Pindorama
É tão longe de Portugal
Fica além, muito além
Do encontro do mar com o céu
Fica além, muito além
Dos domínios de Dom Manuel

Vera Cruz, Vera Cruz
Quem achou foi Portugal
Vera Cruz, Vera Cruz
Atrás do Monte Pascoal
Bem ali Cabral viu
Dia 22 de abril
Não só viu, descobriu
Toda a terra do Brasil

Pindorama, Pindorama
Mas os índios já estavam aqui
Pindorama, Pindorama
Já falavam tupi-tupi
Só depois, vêm vocês
Que falavam tupi-português
Só depois com vocês
Nossa vida mudou de uma vez

Pero Vaz, Pero Vaz
Disse em uma carta ao rei
Que num altar, sob a cruz
Rezou missa o nosso frei
Mas depois seu Cabral
Foi saindo devagar
Do país tropical
Para as Índias encontrar

Para as índias, para as índias
Mas as índias já estavam aqui
Avisamos: “olha as índias!”
Mas Cabral não entende tupi
Se mudou para o mar
Ver as índias em outro lugar
Deu chabu, deu azar
Muitas naus não puderam voltar

Mas, enfim, desconfio
Não foi nada ocasional
Que Cabral, num desvio
Viu a terra e disse: “Uau!”
Não foi não, foi um fim
Foi um plano imperial
Pra aportar seu navio
Num país monumental

Ao Álvares Cabral
Ao El Rei Dom Manuel
Ao índio do Brasil
E ainda quem me ouviu
Vou dizer, descobri
O Brasil tá inteirinho na voz
Quem quiser vai ouvir
Pindorama tá dentro de nós

Ao Álvares Cabral
Ao El Rei Dom Manuel
Ao índio do Brasil
E ainda quem me ouviu
Vou dizer, vem ouvir
É um país muito sutil
Quem quiser descobrir
Só depois do ano 2000»

—————————

Posted in Descobrimentos, História, Palavra Cantada | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

“A Banda” – Chico Buarque

Posted by Manuela DLRamos em Junho 19, 2014

Parabéns Chico Buarque !
Sabes quem é? Um dos maiores músicos brasileiros contemporâneos. Chama-se Francisco Buarque da Hollanda mas é mais conhecido por Chico Buarque. Nasceu a 19 de junho. Para além de cantor também é escritor. Esta é uma das suas primeiras (e mais conhecidas) canções e data de 1966.

(ilustração de Luíza Marcon Martins)

….

Estava à toa na vida
O meu amor me chamou
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor

A minha gente sofrida
Despediu-se da dor
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor

O homem sério que contava dinheiro parou
O faroleiro que contava vantagem parou
A namorada que contava as estrelas parou
Para ver, ouvir e dar passagem

A moça triste que vivia calada sorriu
A rosa triste que vivia fechada se abriu
E a meninada toda se assanhou
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor

O velho fraco se esqueceu do cansaço e pensou
Que ainda era moço pra sair no terraço e dançou
A moça feia debruçou na janela
Pensando que a banda tocava pra ela

A marcha alegre se espalhou na avenida e insistiu
A lua cheia que vivia escondida surgiu
Minha cidade toda se enfeitou
Pra ver a banda passar cantando coisas de amor

Mas para meu desencanto
O que era doce acabou
Tudo tomou seu lugar
Depois que a banda passou

E cada qual no seu canto
Em cada canto uma dor
Depois da banda passar
Cantando coisas de amor.

————–

  • Acordes para “violão, teclado e cavaquinho aqui

Posted in Chico Buarque | Com as etiquetas : , , | Leave a Comment »

“Músicos e Dançarinos” – Palavra Cantada

Posted by Manuela DLRamos em Abril 29, 2014

Hoje é o Dia Mundial da Dança! 

Quem batuca bate, bate
Faz a batucada cada vez que bate, bate sem parar
Batuca o tambor,
Batuca

Quem se mexe dança, dança cada vez seu passo
Ganha mais espaço quando sai do chão
Dançando no ar,
Dançando

Músicos e dançarinos são grandes amigos
Que desde criança sabem se virar
Soltando o que der,
Soltando

Músicos e dançarinos
Meninas e meninos com seus instrumentos que faem dançar
Pra lá e pra cá,
Gingando

Olha uma (pipa*) pena no ar
Quem vai com ela dançar

Pula pra frente
Pula pra traz
Rebola bola
Tatu bolinha
Uma formiga
Uma aranha
Anda aranha
Bumbum no chão,
Sem as mãos, sem os pés

(*pipa – papagaio de papel no Brasil)

Posted in Palavra Cantada | Com as etiquetas : | Leave a Comment »

“Menino do Bairro Negro” – José Afonso

Posted by Manuela DLRamos em Abril 25, 2014

meninodobairronegro

in Baladas de Coimbra, 1963 

Esta terá sido a canção preferida da mãe de Zeca Afonso, de acordo com Arménia Moutinho Rua, autora do site de onde se retirou a imagem com o poema .  E com ela terminamos a lista dos 25 poemas e canções para o 25 de Abril.  É uma escolha deliberada: as revoluções, que se prezam e importam, fazem- se para que todos os meninos dos “bairros negros” possam “tirar os olhos do chão”.
Como explica Zeca Afonso: «
A negritude de que fala o poema existe nos estômagos diagnosticados por Josué de Castro no seu livro “Geopolítica da Fome” » (fonte: Verso dos Versos)

Sobre a identidade do menino e do bairro que inspiraram o poeta leia- se também um elucidativo comentário publicado aqui : «Há pelo menos um livro onde na 1ª pessoa José Afonso esclarece onde se inspirou para esta canção – Livra-te do Medo-Estórias e Andanças de ZECA AFONSO de José A. Salvador, página 79: – MENINO DO BAIRRO NEGRO NASCEU NO PORTO— e o Porto ? : – O Porto foi para mim fundamental. Ia muitas vezes lá porque tinha amigos. Um deles ó Godinho que me deu a conhecer a cidade : a Ribeira , o Barredo. Tudo aquilo me chocou de uma maneira espantosa. A primeira vez que cheguei ao Porto depois de várias boleias era de noite…  Num dos bairros da Ribeira, vejo quatro tipos a urinar para dentro de uma lata . Era uma cena altamente surrealista, mas muito tripeira. Lembro-me de ter visto os meninos que pululavam por aquelas ilhas . Foi uma coisa que eu pensei que só existisse nos filmes . . .  O conhecimento do Porto de todas estas realidades é que me deu o tema do – Menino do Bairro Negro – Expliquei mais tarde que negritude de que falava a canção , não dizia respeito à cor da pele, mas à condição de meninos explorados diagnosticados por José Castro no seu livro Geopolítica da Fome .»

—————————–

Como se referiu no início, com esta canção perfaz-se o número de vinte e cinco: “25 poemas e canções para o 25 de Abrill” (série iniciada em abril de 2010, no ano em que se comemoram os “Oitenta anos de Zeca Afonso”, e que na altura ficou incompleta).

Foi uma escolha limitada, tendo ficado de fora algumas canções e poemas importantes sobre o tema. Para colmatar essa falta aconselha-se, por exemplo, o interessante programa  Os Dias Cantados,  em curso na Antena 2, assim como a completíssima página intitulada Poesia útil e literatura de Resistência de José Carreiro (entre outros).

Posted in 25 de Abril, 25 poemas e canções para o 25 de Abril, Zeca Afonso | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

“Maré Alta” – Sérgio Godinho

Posted by Manuela DLRamos em Abril 25, 2014

Espetáculo que reuniu Sérgio Godinho, José MÁrio Branco e Fausto em 2011

sobreviventesAprende a nadar companheiro
Aprende a nadar companheiro
Que a maré se vai levantar

Que a maré se vai levantar
Que a liberdade está a passar por aqui
Que a liberdade está a passar por aqui
Maré alta
Maré alta
Maré alta

Originalmente in Os Sobreviventes (1971/72)
Letra com cifras no natura.di.uminho.pt

 

Posted in 25 de Abril, 25 poemas e canções para o 25 de Abril | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

Pedra Filosofal- António Gedeão / Manuel Freire

Posted by Manuela DLRamos em Abril 14, 2014


A canção de hoje do programa da Antena 1 Dias Cantados

Manuel Freire «Em 1969 aparece no programa Zip-Zip onde lança Pedra Filosofal, com poema de António Gedeão, que popularizou e cuja interpretação lhe valeu o Prémio da Imprensa desse ano, em conjunto com Fernando Tordo.» Fonte
———
Pedra Filosofal
Eles não sabem que o sonho
é uma constante da vida
tão concreta e definida
como outra coisa qualquer,
como esta pedra cinzenta
em que me sento e descanso,
como este ribeiro manso,
em serenos sobressaltos,
como estes pinheiros altos,
que em oiro se agitam,
como estas aves que gritam
em bebedeiras de azul.

Eles não sabem que o sonho
é vinho, é espuma, é fermento,
bichinho alacre e sedento,
de focinho pontiagudo,
que foça através de tudo
num perpétuo movimento.

Eles não sabem que o sonho
é tela, é cor, é pincel,
base, fuste, capitel,
arco em ogiva, vitral,
pináculo de catedral,
contraponto, sinfonia,
máscara graga, magia,
que é retorta de alquimista,
mapa do mundo distante,
rosa dos ventos, Infante,
caravela quinhentista,
que é cabo da Boa Esperança,
ouro, canela, marfim,
florete de espadachim,
bastidor, paço de dança,
Colombina e Arlequim,
passarola voadora,
pára-raios, locomotiva,
barco de proa festiva,
alto-forno, geradora,
cisão de átomo, radar,
ultra-som, televisão,
desembarque em foguetão
na superfície lunar.
Eles não sabem, nem sonham,
que o sonho comanda a vida.
Que sempre que o homem sonha
o mundo pula e avança
como bola colorida
entre as mãos de uma criança.

Posted in 25 poemas e canções para o 25 de Abril, António Gedeão, Manuel Freire | Com as etiquetas : , , | 1 Comment »

“Bolotinha, bolotinha…” o nosso hino à PRIMAVERA

Posted by Manuela DLRamos em Março 20, 2014

A primavera volta todos os anos e com ela esta canção.
—-

Posted in Bibliobeiriz | Com as etiquetas : , , | Leave a Comment »

Aprende Inglês Com Canções de Natal~Learn English With Christmas Songs

Posted by Manuela DLRamos em Dezembro 13, 2013

Publicado também no Scoop.it A BRINCAR TAMBÉM SE APRENDE

Algumas das canções: (com atividades para diferentes níveis)
“White Christmas, by Lady Gaga”
“It Must Be Santa”, by Bob Dylan
“Last Christmas” by Wham!
“All I Want For Christmas, by Justin Bieber & Mariah Carey” –
“Rudolph The Red Nosed Reindeer”
“Let it Snow!” by Kylie Minogue
“Merry Christmas Everyone”, by Shakin’ Stevens
“Happy Christmas, War is Over” by John Lennon
“The Twelve Days of Christmas”
“Let it Snow!” by Kylie Minogue
“Winter Wonderland”, by Scott Weiland
“A Winter’s Tale” by David Essex
“A Winter’s Tale” by David Essex
Christmas Quizzes for Intermediate and Advanced English Language Learners
“Shake Up Christmas”, By Train – Multiple Choice Listening
“Driving Home For Christmas “, By Chris Rea – Multiple Choice Listening

«Video Listening lessons and activities for kids and English language learners, featuring popular Christmas songs. Browse our site for hundreds more free online quizzes, activities and lesson materials for English language students at all levels.»

Sugestão de BiblioBeiriz:  Mais poemas e Canções de Natal: aqui

Posted in Canções e poemas de Natal, Inglês, Natal | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

“Tour the world”- “Volta ao mundo”

Posted by Manuela DLRamos em Outubro 22, 2013

Com estes dias de chuva as aulas deviam ser a cantar… e até podiam. Neste caso temos a geografia de “voz dada” com o inglês.

Música de  Renald Francoeur, desenhos de Craighton Berman, video de Don Markus.

“Tour the World” é a primeira faixa (track #1) do álbum “Brain Beats 2” um CD com objetivos mnemónicos (para além dos musicais), ou seja que ajudam a memorizar. Neste caso os países do mundo. (Via Seth Dixon)

«Chorus
We can go all around the world
We’ll visit every corner of this earth
We’ll go all around the world
You and I, we’ll visit everywhere.


I wanna go on a safari in Africa
And visit Namibia and Zambia
Lions and tigers and bears oh my
Um.. bears aren’t common in Africa
Why?
You ever take a stroll in a fur coat in really hot weather?
No… well a bear wouldn’t wanna do it either
OK… now let’s get back to the song
So many places to go and we can start with Niger…»

Clica aqui para acederes à letra completa.

Posted in A cantar também se aprende, Geografia, Inglês | Com as etiquetas : | Leave a Comment »

“The Poetry of Reality” – “A Poesia da Realidade”

Posted by Manuela DLRamos em Julho 31, 2013

(An Anthem for Science- Um Hino à Ciência)

Sinfonia da Ciência” é um projeto criado pelo músico John Boswell com o objetivo de transmitir conhecimento científico e filosófico sob uma forma musical.  John Boswell  edita e faz montagem de clips de vídeos científicos e de palestras/entrevistas de cientistas conhecidos, adicionando música da sua autoria às frases dos cientistas, criando assim fantásticos poemas/ canções.

Este vídeo é o quinto da série e,  (como se pode ler no canal do youtube do músico) apresenta 12 cientistas e entusiastas da ciência, incluindo  Michael Shermer, Jacob Bronowski, Carl Sagan, Neil deGrasse Tyson, Richard Dawkins, Jill Tarter, Lawrence Krauss, Richard Feynman, Brian Greene, Stephen Hawking, Carolyn Porco, and PZ Myers..

Vejam aqui a canção anteriormente publicada no blogue da BE.

Posted in John Boswell, Symphony of Science | Com as etiquetas : , , | Leave a Comment »

“Book People Unite”

Posted by Manuela DLRamos em Fevereiro 25, 2013

É caso para proclamar: O povo dos livros unido jamais será vencido!
Com campanhas como esta e tantos amigos… se convencem as massas.

A campanha Book People Unite foi lançada em abril de 2012 pela  RIF (Reading is Fundamental), a maior organização americana sem fins lucrativos de promoção da literacia, leitura e livros.  

Segundo se pode ler no seu canal do Youtube , neste vídeo reuniram-se algumas das mais queridas personagens de histórias  que,  a cantar, apelam as pessoas a juntarem-se ao movimento Book People Unite. Este movimento tem como o objetivo fazer com que todas as crianças, sobretudo as mais desfavorecidas,  tenham a possibilidade de ler livros.  Eis a letra da canção:

Come one come all
We’re inviting ya’ll
Book People Unite
Yes it’s time to get involved

(o vídeo começa aqui)

Can you pretend with me
Imagine what you’d see
If every child had a book to read

Cause every kid across the nation
deserves a book to read
and we can make it happen right now

Now I don’t know what you’ve been told
but kids with books learn so much more
So the mission is for us
To get a book to each and every child
(Reading Is Fundamental)

So let’s join hands Book People Unite
Unearth hidden passion
Come on we’ll have a good time

Planting seeds of inspiration
To motivate some magic
To change the writing on the wall
Writing on the wall…

One book can make a difference
One book can inspire a child (writing on the wall)
One book can be the fundamental thing (Reading Is Fundamental)
That helps to change a life
Book People Unite  (…)

Esta é a canção que as personagens cantam. No site da organização pode-se fazer o seu “download”. Muitas das estrelas deste vídeo -como por exemplo o Pinóquio, o Lobo Mau, o Capuchinho Vermelho, etc. – são nossas conhecidas.  Outras não. Mas se  reparares bem de cada vez que cantam são identificadas.

Aqui fica o seu nome em  inglês por ordem de aparição: Pinocchio, Madeline, Greg (Diary of a Wimpy Kid), Rip Van Winkle, LeVar Burton, Three Blind Mice, Humpty Dumpty, Curious George, Big Bad Wolf,  Little Red Riding Hood, Raggedy Ann & Andy, Goldilocks and the three bears, Captain Ahab, Three Pigs, Clifford the Big Red Dog, Babar the Elephant, Mr Men, Little Miss, Mr Tickle, Little Miss Chatterbox, Mr Tall, Peter (The Snowy Day), The Very Hungry Caterpillar and Black Beauty.

via Ana Margarida Ramos; publicado também aqui

Posted in Book People Unite | Com as etiquetas : , , , | Leave a Comment »

“Harry Christmas” a tod@s

Posted by Manuela DLRamos em Dezembro 23, 2012

Harry Potter and the Philosopher’s Stone – Christmas at Hogwarts
Harry Potter e a Pedra Filosofal – Natal em Hogwarts

Muito Harry Christmas* a tod@s!

Fiquem com a magia das cenas do primeiro Natal em Hogwarts. Podem ver a lista de presentes que Harry Poter recebeu aqui  e ouvir  melhor o trecho “Christmas at Hogwarts” aqui.

«Merry Christmas, Merry Christmas, Ring the Hogwart bell
Merry Christmas, Merry Christmas, Cast a Christmas spell
Have a Wondrous wizard Christmas
Have a Merry Christmas Day
All around the sparkling fire
Have a Merry Christmas Day
Find a broomstick in your stocking, see the magic on display
Join the Owls’ joyous flocking on this merry Christmas Day.

Ding Dong ! Ding Dong !
Ring the Hogwart bell
Ding Dong ! Ding Dong !
Cast a Christmas spell.

Ding Dong ! Ding Dong !
Make the Christmas morning bright
Flying Higher Accross the Sky
Light the Christmas Night
Ding Dong ! Ding Dong !
Merry Christmas, Merry Christmas, Ring the Hogwart bell
Merry Christmas, Merry Christmas, Cast a Christmas spell.» (fonte)

(Se tiverem oportunidade de ir a Londres não deixem de visitar nos estúdios da Warner Bros. um remake do “Great Hall” por altura do Natal >ver).

ENTRETANTO (re)leiam o fantástico  livro de J.K. Rowling, o primeiro da saga do Harry Potter e (re)vejam o filme (passa no dia 25  num canal de uma televisão por aí perto…),

……………………………………..

* O título desta entrada foi tirado de um post  do Potterish, «o maior site de Harry Potter do Brasil e um dos 5 maiores do mundo» (ver).

Para saber mais:
O filme foi dirigido pelo realizador Chris Columbus  >  e  a música   é do compositor John Williams > > autor de dezenas de bandas sonoras de filmes de sucesso entre os quais  Um violinista no Telhado, Tubarão I e II, A Guerra das Estrelas, ET, SuperHomem, Indiana Jones e o Templo da Perdição, O Parque Jurássico, As Aventuras de Tintin, etc..

…………………………………….

Mais canções de Natal aqui e aqui

Posted in Canções e poemas de Natal, Chris Columbus, Filmes, Harry Potter, J.K. Rowling, John Williams, livro, Livros e filmes, Natal | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

“Branca de Neve e os Sete Anões” – o primeiro clássico da Disney

Posted by Manuela DLRamos em Dezembro 21, 2012

Elas são tantas e tão importantes que não deve haver um dia em que uma das nossas personagens favoritas não seja motivo de celebração.

Ontem foi o Capuchinho Vermelho, hoje é a  vez da Branca de Neve, ou melhor do seu mais conhecido filme:  há precisamente 75 anos, em 21 de dezembro de 1937 foi estreado o famoso filme  Snow White and the Seven Dwarfs, a primeira longa metragem a cores da Disney, adaptação do conto Branca de Neve  dos Irmãos Grimm.  A sua banda sonora, com canções  lindíssimas obteve um Oscar em 1938.

É justamente uma dessas canções que aqui se reproduz na versão em português cantada por Sandra de Castro

«Sorri nesta canção
E a vida terá dia de sol belo a brilhar
Coração feliz
Sorri nesta canção
E o mundo também acorda a cantar como tu
A canção que diz:
P´ra quê reclamar, diz, da chuva, dos ventos
Não esqueças que és o tal
Se o próprio sol que brilha por cantar e sorrir
E trarás Primavera e harmonia pela mão
Sorri nesta canção.»

Vê no Scoop.it o que selecionamos sobre a Branca de Neve e os Sete Anões.

Posted in Canção, Disney, Filmes, Irmãos Grimm, Scoop.it | Com as etiquetas : , , | Leave a Comment »

“O Capuchinho Vermelho” dos Irmãos Grimm versão “Doodle-Google”

Posted by Manuela DLRamos em Dezembro 20, 2012

O Google celebra o bicentenário da publicação do primeiro volume dos Contos dos Irmãos Grimm com um doodle  dedicado ao Capuchinho Vermelho (via Biblio Teia).


E agora dedicada às avózinhas ;-) uma cançãozinha que se cantava por cá, de uma versão brasileira da história, dos anos 60, o CHAPÉUZINHO VERMELHO – Coleção Disquinho   (e que se continua ainda a cantar em variadas versões : ver por exemplo a das Músicas da Carochinha):

Capuchinho:
Pela estrada fora eu vou bem sozinha

Levar estes bolos pra minha avozinha
Ela mora longe o caminho é deserto
E o lobo mau passeia aqui bem pert0

Só à noitinha ao sol poente
Junto à avozinha dormirei contente. 

Lobo:
Sou o lobo mau, lobo mau, lobo mau

Pego nas criancinhas pra
Fazer o meu mingau
Hoje estou contente
Vai haver festança
Tenho um bom petisco pra encher a pança. (Lobo mau)
(…)
—————————————————————————————-

A propósito desta comemoração:

  • A exposição «Os Irmãos Grimm -Vida e Obra» está  agora  no Norte e encontra-se patente na Biblioteca Municipal do Porto até ao dia 15 de Janeiro  (de segunda a sábado entre as 10:00h-18:00 h.);
  • No próximo dia 22, no âmbito da referida exposição, será apresentado o livro Capuchinho Vermelho: Histórias Secretas e Outras Menos, uma colectânea de textos de António Manuel Pacheco | António Mota | Augusto Baptista | Carla Maia de Almeida | Eugénio Roda | Francisco Duarte Mangas | Isabel Minhós Martins | João Manuel Ribeiro | João Pedro Mésseder | Teresa Martinho Marques |Vergílio Alberto Vieira; Coordenação: Sara Reis da Silva e José António Gomes ( Bag of Books edições)

Posted in Comemoração, Google-doodle, Irmãos Grimm, livro | Com as etiquetas : , , , | Leave a Comment »

Carta ao Pai Natal

Posted by Manuela DLRamos em Dezembro 16, 2012

Oratio Classroom & the World of Music

Ver a apresentação do projeto.

oratiosite«O projeto português «Oratio Classroom & the World of Music» foi o primeiro classificado, na categoria de Escolha dos Professores («Educators’ Choice»), do Microsoft Partners in Learning Global Forum 2012, evento que decorreu em Praga de 28 de novembro a 2 de dezembro. João Carlos Ramalheiro,professor de Música do Agrupamento de Escolas da Lousã, foi distinguido pelos seus pares como tendo dinamizado o melhor projeto a concurso, sendo que a categoria em que conquistou o primeiro lugar resulta da votação de todos os professores presentes no concurso.» Fonte

Posted in Canções e poemas de Natal, Natal | Com as etiquetas : , , , | Leave a Comment »