BiblioBeiriz

Serviços de Biblioteca – Agrupamento de Escolas Campo Aberto – Escola E.B. 2/3 de Beiriz

Posts Tagged ‘lenda’

“O nome da Europa, uma lenda grega”

Posted by bibliobeiriz em Maio 9, 2017

A propósito do Dia da Europa – que se comemora hoje-  sugerimos a leitura desta lenda reproduzida do livro digital A Europa dá as mãos da autoria de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada (já aqui divulgado anteriormente).  Carrega na imagem para acederes ao livro e continuares a ler a lenda.

   Outro livro digital sobre o mesmo assunto : Países sem fronteiras_ A União Europeia


       >>>>>>>>>>> Jogos sobre a União Europeia<<<<<<<<<<

Posted in Ana Maria Magalhães, Dia da Europa, Isabel Alçada | Com as etiquetas : , , , , | Leave a Comment »

A reler- São Gonçalo: uma lenda e a história do seu culto em Beiriz

Posted by Manuela DLRamos em Maio 16, 2016

Carrega na imagem para ficares a conhecer melhor S. Gonçalo e uma das lendas a ele associadas.
blond-boy-running-behind-three-brown-birds

Posted in S. Gonçalo | Com as etiquetas : | Leave a Comment »

Livro do Dia- A Menina das Rosas

Posted by Manuela DLRamos em Julho 4, 2014

Hoje, é dia de recordar a Rainha Santa Isabel, nascida em Aragão em 4 de julho de 1336, e fazêmo-lo com um livro que temos na nossa biblioteca: A Menina das Rosas de João Manuel Ribeiro (texto), Sandra Nascimento (ilustração) editado pela Trinta por uma Linha 

capa menina rosas

Sinopse:  «D. Isabel de Aragão tinha apenas 12 anos quando se casou com D. Dinis e passou a ser rainha de Portugal, uma «rainha menina». Conhecem-se algumas histórias suas que testemunham quão bondosa era. Entre elas, a lenda do milagre das rosas, que conta como o pão que levava escondido para distribuir pelos pobres se transformou em rosas aos olhos do rei quando este lhe ordenou que mostrasse o que tinha no vestido. Mas esta é apenas a história que fez dela a “menina das rosas”, pois muitas outras te esperam neste livro cheio de cavaleiros, castelos e flores…» (fonte)

 

 

Posted in História, João Manuel Ribeiro, Sandra Nascimento, Santa Isabel | Com as etiquetas : , , | Leave a Comment »

São Gonçalo: uma lenda e a história do seu culto em Beiriz

Posted by Manuela DLRamos em Maio 28, 2012

Hoje celebra-se em Beiriz o dia de São Gonçalo

  • Fica a conhecer uma lenda de quando era rapazinho: Gonçalo e os pardaisblond-boy-running-behind-three-brown-birds

        «Em data não precisa, no que respeita não só ao dia mas também ao mês e ano, os pais de Gonçalo Pereira (ver nota) menino em idade de brincar, tiveram necessidade de ir a uma romaria a S. Paio de Vizela, aldeia próxima de sua residência, não só para fazerem algumas compras mas também para venerarem o santo padroeiro. Como, logo de manhã cedo, tivessem posto o milho-alvo na eira para secar visto estar um dia soalheiro, chamaram o filho Gonçalo e incumbiram-no de vigiar o milho para que os pardais e os outros pássaros não o comessem.
       Gonçalo prometeu cumprir com as recomendações do pai mas também queria ir à festa. Deixou que os pais saíssem e começou a pensar como é que haveria de ir à romaria sem deixar que os pardais comessem o milho.
        Pensou, tornou a pensar e sem demoras descobriu como ir à festa.
        Começou a chamar todos os pássaros que havia por ali e meteu-os todos no alpendre fechando a porta com todo o cuidado.
        Guardados os pássaros meteu pés ao caminho e foi à festa. Seus pais encontraram-no e ficaram muito zangados por ele ter abandonado o milho na eira à sorte da passarada, apesar de Gonçalo os acalmar e lhes contar o que havia feito.

        Não acreditaram e, sem grandes demoras, voltaram para casa. Ao chegarem à eira verificaram que o milho estava muito bem espalhado, muito sequinho e nem um pardal à vista. Estavam todos presos no alpendre.
        Seu pai pensou logo em apanhar uns quantos para fazer uma refeição mas Gonçalo foi a correr e abriu-lhes a porta dizendo:  – Fujam passarinhos.
Não ficou um que fosse e, de novo, todos gozaram de liberdade.»

in www.lendarium.org (CEAO)

Nota: S. Gonçalo de Amarante nasceu por volta de 1190, na freguesia de S. Salvador de Tagilde, no concelho de Vizela numa família rica de apelido “Pereira”. (ler artigo na wikipedia

_____________________________
beiriz

  • História do culto a São Gonçalo em Beiriz

Sobre o culto a São Gonçalo na freguesia de Beiriz  Monsenhor Manuel Amorim escreveu um artigo intitulado “Duzentos e cinquenta anos da vida da freguesia de Santa Eulália de Beiriz”, publicado no Póvoa de Varzim Boletim Cultural vol. X, nº 1 (1971) do qual se transcreve o seguinte:

         «Diz a tradição local  “que se venera nesta freguesia desde o séc. XVI, em cuja época grassava uma grande epidemia que devorava parte dos seus habitantes, os quais tendo já devoção com o Milagroso Santo, foram em peregrinação a Amarante, e lá se conservaram em oração até à extinção de tão grande flagelo”.
        A história parece, neste caso, confirmar a tradição porque, na 2ª metade do séc. XVI (1569), o país foi assaltado por uma formidável peste, que no verão fez milhares de vítimas e por isso se chamou Peste grande.
        A peste chegou ao norte no ano seguinte e o alarme entre as populações foi tal que algumas cidades quase se despovoaram. Seria nessa altura que os moradores de Beiriz se lembraram de recorrer ao eremita de Amarante, cuja devoção estava em voga. Continua a tradição local:”Tendo sido os seus rogos atendidos, voltaram novamente e trouxeram o retábulo do Milagroso Santo, sendo mais tarde adquirida a sua imagem erigindo-se um altar onde é venerado”
Em 1621 os devotos de S. Gonçalo já estavam organizados, em forma de confraria, e os mordomos tinham direito a receber as ofertas deles. (…) No século XVIII a festa de S. Gonçalo tinha aspeto de romaria minhota, com danças e profanidades.(…) Foi nesse século que os devotos reformaram o velho altar de S. Sebastião, colocando no camarim a imagem de S. Gonçalo que passou a dar o nome ao altar.»
(fonte)

Posted in António Patrício, Arquivo Português de Lendas, Manuel Amorim (Monsenhor), S. Gonçalo | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »