BiblioBeiriz

Serviços de Biblioteca – Agrupamento de Escolas Campo Aberto – Escola E.B. 2/3 de Beiriz

Novidades no Scoop.it da BE

Posted by Manuela DLRamos em Fevereiro 19, 2018

Clica na imagem e descobre O MELHOR DA NET PARA TI!

Últimas entradas:

LIVROS e LEITURA(S)
Eleanor and Park Book Trailer
Mapa com os melhores livros europeus para crianças

APOIO AO ESTUDO
Economize Tempo e Melhore suas Notas com o “Cite This For Me”, a ferramenta número um para fazer Referências.
A Khan Academy já está disponível em português | matemática

A BRINCAR TAMBÉM SE APRENDE
Palavras Cruzadas: A Árvore, de Sophia de Mello Breyner Andresen
Espaço dos mais novos: jogos e passatempos sobre a UE

DE TUDO UM POUCO
O que ganha em pedir fatura com n.º de contribuinte?
Aprende a escrever no computador…. Free Touch Typing Software

Posted in Bibliobeiriz, Scoop.it | Com as etiquetas : | Leave a Comment »

Leituras para o Dia de S. Valentim…

Posted by Manuela DLRamos em Fevereiro 14, 2018

Notem bem: nesta prateleira virtual dedicada ao santo padroeiro dos namorados e apaixonados caberiam muitos, mas muitos mais livros. Pensando bem, seria uma lista surpreendemente grande. Escolheram-se os títulos mais sugestivos e estas propostas não esgotam a oferta que há na biblioteca.

Posted in Dia de S. Valentim, Goodreads | Com as etiquetas : , , , | Leave a Comment »

O Carnaval dos Animais de Camille Saint-Saens

Posted by Manuela DLRamos em Fevereiro 14, 2018

Imperdível esta versão animada   da clássica “suíte” para dois pianos e orquestra do compositor francês, pelas edições Camera Lucida Music. Aqui a reprodução de dois dos seus catorzes movimentos (o primeiro e o último)




(Nota: ver aqui artigo sobre esta edição e a sua acessibilidade a preço da chuva)

Posted in Camille Saint-Saëns | Com as etiquetas : , , | 2 Comments »

Dia da Internet + Segura- 2018

Posted by Manuela DLRamos em Fevereiro 4, 2018

O Dia da Internet Mais Segura, (em inglês SID (Safer Internet Day) celebra-se anualmente desde 2004.

Este ano, o tema é  «Cria e partilha com responsabilidade: uma melhor internet começa contigo»

Ao longo destes anos temos vindo a publicar muitos recursos tanto no Blogue da Biblioteca  como Scoop.it da BE. (basta clicar nos links para ver)

São recursos para explorar sozinho ou acompanhado, em contexto de sala de aulas ou com os pais, e para todas as idades.

Como por exemplo, estes vídeos no canal do Youtube da Internet Segura

Histórias do Lucas (Para os mais pequenos)

——-

Net com consciência (Público alv: adolescentes)

—–

E estes, da série Cenas na Net, do ator e realizador Alexandre Silva, em que o protagonista é um avô, a iniciar-se on line, guiado pelo seu neto já adulto

 

Posted in Cenas na Net, Dia da internet segura, Histórias do Lucas, Net com consciência | Com as etiquetas : , , , , , | 1 Comment »

Teatro na Escola- AtrapalhArte- A Farsa de Inês Pereira

Posted by Manuela DLRamos em Janeiro 31, 2018

É já amanhã, dia 1 de fevereiro, no auditório da escola sede, pelas 10.10, que a Companhia de Teatro AtrapalhArte apresentará a sua versão de A Farsa de Inês Pereira de Gil Vicente.

«A peça foi escrita a partir de um desafio lançado pelos que duvidavam do talento de Gil Vicente. O autor concordou em escrever uma peça que comprovasse o provérbio “Mais quero um asno que me carregue do que cavalo que me derrube”, que retrata a ambição de uma jovem burguesa portuguesa do século XVI.» (continuar a ler em baixo)

Trata-se de uma Atividade do PAA para os Cursos Profissionais promovida pela Biblioteca em articulação com o Grupo de Português.

Como podemos ler no site da Companhia
«Gil Vicente viveu num país que colhia os frutos do desenvolvimento comercial, resultado da expansão marítima do início do Séc. XV. As transformações sociais decorrentes do sucesso lusitano nos mares foram registadas pelo autor, que não poupou críticas ao comportamento moral dos seus conterrâneos, crítica essa visível um pouco por toda a sua obra.

A Farsa de Inês Pereira, peça encenada pela primeira vez em 1523, apresenta um enredo capaz de envolver o espectador até hoje, passados quase quinhentos anos. Mostra um autor em pleno domínio dos recursos linguísticos, da cultura popular e dos mecanismos cómicos que caracterizavam a sua obra. 

O ponto de partida para a escrita da peça foi um desafio lançado a Gil Vicente, já que questionavam a autoria das suas obras, sugerindo tratar-se de plágio. Propuseram ao escritor que criasse um enredo a partir do mote “Mais vale asno que me leve que cavalo que me derrube”, ditado popular da época.

A Farsa de Inês Pereira é considerada a peça mais bem-acabada de Gil Vicente, testemunhando o conflito de valores que caracterizou o humanismo em Portugal, incorporando na sua estrutura a simetria existente entre os dois termos dessa comparação: Pero Marques encarna o asno que carregará Inês, enquanto o Escudeiro é o cavalo que a derruba.

Para pôr em cena esses elementos, o autor utilizou na caracterização de Pero Marques aspetos que o aproximam de um asno: é parvo, teimoso, deselegante e servil.

O Escudeiro, ao contrário, assemelha-se ao cavalo, apresentando-se como um nobre e elegante cavaleiro.

Entretanto, essa semelhança termina na aparência, pois quaisquer outras características que se poderiam atribuir aos cavalos (como lealdade, generosidade ou valentia), ele não tem: é mentiroso, cínico, preguiçoso e covarde.  

Para seguir à risca a comparação de superioridade que subjaz ao enredo (“mais quero asno que me carregue do que cavalo que me derrube”), é necessário mostrar que Pero Marques tem valores autênticos, os valores medievais, enquanto o Escudeiro Brás da Mata se move por interesses materialistas, como os que predominam na época de Gil Vicente.

Esta obra é recomendada pelo Plano Nacional de Leitura para o 10.º ano de escolaridade. » (retirado daqui)

Consulta:

Posted in Atrapalharte, Gil Vicente | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

Proteja os seus Dados Pessoais

Posted by Manuela DLRamos em Janeiro 28, 2018

Hoje comemora-se o Dia Europeu da Proteção de Dados Pessoais e a propósito republicamos este
já famosíssimo vídeo em que um Pseudo-Guru/Vidente vai buscar a informação sobre as pessoas que ingenuamente “o consultam” ao que estas expõem on-line nas suas Redes Sociais, especialmente no Facebook, Instagram, Google+, MSN, etc.
Surpreendente!

A exposição de sua vida nas Redes Sociais from O Observador on Vimeo.

Posted in Dia da internet segura, Dia Europeu da Proteção de Dados Pessoais | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

Um livro a propósito do dia que se comemora hoje

Posted by Manuela DLRamos em Janeiro 27, 2018

Dia Internacional de Memória das Vitimas do Holocausto

A data de 27 de janeiro foi escolhida pelo seu carácter simbólico pois foi neste dia, em 1945, que se deu libertação do Campo de Auschwitz-Birkenau pelas forças soviéticas.

Anne Frank e a sua família eram de origem alemã e tinham ido viver para a Holanda. Devido à perseguição dos judeus também nesse país, eles encontravam-se escondidos desde o verão de 1942, tendo sido descobertos, presos e levados para Auschwitz, no outono de 1944 e, mais tarde, para o campo de concentração de Bergen-Belsen.

Como centenas de milhar de judeus perseguidos pelos nazis, ela e a irmã não sobreviveram e não tiveram a felicidade de assistir ao dia da libertação desse campo, em abril de 1945, pelas tropas britânicas e ao fim da IIª Guerra Mundial.

Este livro em banda desenhada é baseado no seu célebre diário (podes ler ambos na biblioteca) publicado pela primeira vez na Holanda em 1947 e, em Portugal, em 1955, numa tradução de Ilse Losa .

….

….

Para saber mais:

Posted in Anne Frank, Efeméride, Ilse Losa | Com as etiquetas : , , , | Leave a Comment »

Dia do perfil do aluno

Posted by Manuela DLRamos em Janeiro 15, 2018


Fonte_do ptt  RBE

Para saber mais: Direção-geral da Educação

Posted in Bibliobeiriz | Leave a Comment »

Votos de …

Posted by Manuela DLRamos em Dezembro 23, 2017

Posted in Bibliobeiriz | Leave a Comment »

O espírito do Natal …

Posted by Manuela DLRamos em Dezembro 7, 2017

O espírito do Natal já começou a tocar com a sua magia os espaços das nossas escolas, graças às decorações cheias de arte e engenho de alunos, pais e professores.

Presépio do Guilherme e do Rodrigo – 5.º B

Na biblioteca, acolhemos alguns presépios (a exposição principal encontra-se no átrio dos alunos) dos quais destacamos este – que utiliza as folhas e os frutos dos liquidâmbares, as belíssimas árvores que ornamentam o espaço em frente à escola.
Que bonito que está o presépio com as suas figurinhas vestidas das mesmas cores quentes da folhagem das árvores! Parabéns aos meninos e à mãe :) Aliás, parabéns a todos os meninos e meninas (e aos familiares que os ajudaram) pelos lindos presépios que fizeram.

Liquidâmbares – Praça da Margarida, Beiriz

Posted in Natal | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

Bullying & CiberBullying- Ação debate

Posted by Manuela DLRamos em Novembro 28, 2017

Público alvo: turmas do 7º ano
Dinamizador: Dr. Hélder Jesus (Biblioteca Municipal Rocha Peixoto)
Local: auditório

Alguns recursos sobre o tema compilados no Scoop.it da BE

  • Um manual para combater o ódio na internet
  • APAV para Jovens / Home
  • [Net com Consciência] Ep.02 – Cyberbullying
  • DIA MUNDIAL DO COMBATE AO BULLYING_ Ninguém gosta de ti… faz um favor a todos… mata-te…
  • “IPDJ e FMH lançam brochura ‘Cartão vermelho ao bullying’ no desporto
  • “Eu Não alinho”
  • Cyberbullying: hay una salida! – YouTube
  • Cyberbully – Legendado
  • Cyber Bullying Virus (Adaptación – Español)
  • Bullying, isso não é brincadeira!
  • provocaciones en el Chat – Ciberbullying
  • Safer Internet- Internet mais segura

Posted in Helder Jesus | Com as etiquetas : , , | Leave a Comment »

Concurso Nacional de Leitura_12ª edição_2017 | 2018

Posted by Manuela DLRamos em Novembro 22, 2017

«O Plano Nacional de Leitura 2027 (PNL2027) anuncia a abertura da 12ª Edição do Concurso Nacional de Leitura a que se associam, tal como em edições anteriores, a Direcção-Geral do Livro dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), a Rede das Bibliotecas Escolares (RBE), o Camões IP, a Direção de Serviços de Ensino e Escolas Portuguesas no Estrangeiro (DSEEPE), e a RTP e reafirma a sua intenção de muito fazer para alcançar resultados específicos de promoção da leitura e da escrita junto da população escolar, na atual edição alargando o universo de ação a todos os níveis de ensino básico e secundário.
O Plano Nacional de Leitura 2027, em articulação com os restantes parceiros, tem o grato prazer de convidar as escolas, os alunos, os professores, as famílias e as comunidades intermunicipais/áreas metropolitanas/associações de municípios, a que se associem a esta corrente nacional de incentivo à leitura e à escrita, desenvolvendo os níveis de literacia e de cultura nacional.

Posted in Concurso Nacional de Leitura, Plano Nacional de Leitura | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

Dia Universal dos Direitos da Criança- 20 de novembro

Posted by Manuela DLRamos em Novembro 17, 2017


«A 20 de novembro comemora-se um duplo aniversário que pretende alertar e sensibilizar para os direitos das crianças de todo o mundo: proclamação da Declaração dos Direitos da Criança (1959) e adoção da Convenção sobre os Direitos da Criança * (1989), pela Assembleia Geral das Nações Unidas.

A Convenção assenta em quatro pilares fundamentais relacionados com todos os direitos das crianças (civis, políticos, económicos, sociais e culturais): a não discriminação, o interesse superior da criança, a sobrevivência e desenvolvimento e a opinião da criança.

Para que 20 de novembro seja um dia divertido com uma mensagem séria, das crianças, pelas crianças, a UNICEF apela ao desenvolvimento de iniciativas que deem voz às crianças, em que estas reflitam sobre os seus direitos e expressem o seu apoio aos milhões de crianças que estão fora da escola, desprotegidas e desenraizadas Fonte DGE

  • Convenção ratificada por Portugal em 1990.


«A Convenção sobre os Direitos da Criança contém 54 artigos, que podem ser divididos em quatro categorias de direitos:

• os direitos à sobrevivência (ex. o direito a cuidados adequados)
• os direitos relativos ao desenvolvimento (ex. o direito à educação)
• os direitos relativos à protecção (ex. o direito de ser protegida contra a exploração)
• os direitos de participação (ex. o direito de exprimir a sua própria opinião) » (fonte UNICEFE  ).

Fica a saber mais sobre a Convenção “folheando” a seguinte versão abreviada.

Carrega na imagem para fazeres as palavras cruzadas sobre os Direitos das Crianças.


Para saber +  > Direitos das crianças no Scoop.it da BE aquiaqui .

(Para educadores: Os direitos da criança em perspetiva)

Posted in Direitos das Crianças, UNICEF | Com as etiquetas : , , | Leave a Comment »

AtrapalhArte- Teatro na Escola

Posted by Manuela DLRamos em Novembro 8, 2017

A Companhia ATRAPALHARTE está de volta ao Agrupamento com o novíssimo espetáculo 3 ABÓBORAS E 400 CAMELOS para o pré-escolar e 1.ºciclo.
Sessões: dia 9, na EB1 de Paçô- Terroso e dia 10, na EB Campo Aberto- Beiriz

«Este trabalho junta “As Três Abóboras” (Teatro às 3 Pancadas) de António Torrado a “Sábios como Camelos” (Estranhões e Bizarrocos) de José Eduardo Agualusa.

Escritor reconhecido no panorama da Literatura Portuguesa, António Torrado possui uma obra extensa e diversificada, que integra textos de raiz popular e tradicional, e também de teatro, poesia e, sobretudo, contos, sendo considerado um dos autores mais importantes da literatura infantil portuguesa.

A peça “As Três Abóboras” conta a história de um pobre camponês que enriqueceu graças à sua bondade e honestidade: dialogando com as suas abóboras, que eram para ele o seu bem mais precioso, é interrompido por um mendigo esfomeado que lhe pede uma sopa de abóbora, ensinando aos mais novos a importância da generosidade e ajuda ao próximo.

Por seu turno, “Sábios como Camelos” é um conto que convida a imaginar e a partilhar a aventura da «inventividade», permitindo fantasiar livremente a realidade. O autor coloca neste conto alguns dos padrões literários e culturais típicos das narrativas árabes, pautando a sua reinvenção, por exemplo, pelo exotismo e pelo recurso a figuras comuns nesse universo (o grão-vizir, os camelos….). O protagonismo é concedido a uns camelos tornados sábios e falantes, porque engoliram muitos livros, animais aqui conotados com a memória e, de certo modo, com a generosidade. Neste, como em muitos outros contos, as personagens-animais servem como figuras de reposição do equilíbrio, levando as personagens humanas a refletir, a reconsiderar e a optar pelo Bem e pela Justiça. Deste modo, o final inusitado e feliz é determinado pela intervenção de um camelo.

Inserido no Plano Nacional de Leitura e nas metas curriculares dos 2º e 4º anos, este é a nova aposta da AtrapalhArte para o ano letivo 2017/18.» Fonte – http://atrapalharte.pt/dossier_aboboras.html

Posted in António Torrado, Atrapalharte, José Eduardo Agualusa | Com as etiquetas : , , , | Leave a Comment »

“Payassu – O Verbo do Pai Grande”, a partir do”Sermão aos Peixes” de Padre António Vieira- Igreja Paroquial de Beiriz

Posted by Manuela DLRamos em Novembro 2, 2017

NB:  se ainda não adquiriram bilhetes podem fazê-lo no dia e local do espetáculo através da prof.ª Isabel Neto.

ATENÇÃO: É já amanhã, dia 3 de novembro, pelas 16 horas, na Igreja Paroquial de Beiriz,  a apresentação de “Payassu – O Verbo do Pai Grande“, a partir do“Sermão aos Peixes” de Padre António Vieira, pelo Teatro de Formas Animadas na pessoa de Marcelo LaFontana.

Atividade Integradora do Curso Profissional de Técnico de Restauração

payassu-marcelolafontana-beiriz-sm

Momentos da sessão realizada no auditório da EB23 de Beiriz em janeiro de 2013

A peça “Payassu – O Verbo do Pai Grande” foi preparada em 2008, ano em que se comemorou o 4º centenário do nascimento do Padre António Vieira (1608-1697), a quem os índios brasileiros,  tapuia, chamavam “payassu“, pai grande.

O “verbo” é  a “palavra” do Padre, neste caso o Sermão  aos Peixes,  originalmente pronunciado na cidade de S. Luis do Maranhão, em 1654.

«Hoje ainda, o texto fascina pela beleza da escrita e pela actualidade do tema – a crítica dos poderosos em geral e, em particular, a denúncia dos vícios dos colonos portugueses no Brasil. O sermão é todo ele um rosário corajoso de sátiras pintadas em quadros finíssimos, recorrendo à simbologia da fauna marinha, peixes e não só, para chegar ao homem que é o verdadeiro destinatário do recado. Mensagem expressa de modo subtil, ora louvando as virtudes, ora fustigando os vícios dos prevaricadores, tudo isto, diz Vieira, quando a terra se vê tão corrupta como está a nossa…»  nas palavras de José Coutinhas,  diretor do Teatro de Formas Animadas, a quem se deve a adaptação do texto. in Caderno de Criação de Espectáculo (fonte )

 

 

Posted in Marcelo Lafontana, Padre António Vieira | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »