BiblioBeiriz

Serviços de Biblioteca – Agrupamento de Escolas Campo Aberto – Escola E.B. 2/3 de Beiriz

Archive for the ‘25 de Abril’ Category

25 de ABRIL- Dia da Liberdade

Posted by Manuela DLRamos em Abril 22, 2018

No dia 25 de abril comemora-se o Dia da Liberdade.

Aqui fica um pequeno vídeo que explica “num minuto” a importância desta data.

E porque a brincar também se aprende, testa os teus conhecimentos sobre o 25 de abril com os jogos e passatempos que selecionamos para ti.
Clica nas imagens:

Palavras Cruzadas on line

Mais recursos sobre o 25 de Abril aqui  e  em Livros e LeiturasApoio ao estudo  . Artes e artistas.

Posted in 25 de Abril, A comemorar também se aprende | Com as etiquetas : | Leave a Comment »

Especial 25 de Abril

Posted by Manuela DLRamos em Abril 25, 2016

Ao longo dos anos fomos compilando recursos sobre o 25 de abril, num rol que podem consultar tanto aqui no blogue como no scoop.it da BE: livros,  canções e poesiasdocumentos históricos.

Este ano, sugerimos mais estes recursos:
> palavras cruzadas de Paulo Freixinho, para fazer on line.
> um pequeno vídeo de animação da RTP,  sobre como era “antes” do 25 de abril, o regime político de então e o “depois” do 25 de abril,
> e ainda os seguintes apontadores: Ensina.rtp 25 de abril –uma série de vídeos do canal Ensina.rtp, nomeadamente os que integram o Dicionário de Abril, e Memórias da Revolução –um friso cronológico multimédia interativo, também da RTP , que percorre os momentos mais importantes que vão do “25 de Abril 1974” ao “28 de Novembro 1975”.

25abril_ensinartp

25 de Abril de 1974- ensina. RTP

 

memoriasdarevolucao

Memórias da Revolução: Do 25 de Abril 1974 ao 28 de Novembro 1975

Posted in 25 de Abril, História | Com as etiquetas : | Leave a Comment »

25 de ABRIL SEMPRE

Posted by Manuela DLRamos em Abril 25, 2015

Viva a Liberdade!

O 25 de abril sempre foi comemorado na nossa escola e o blogue da BE cumpre a sua função de registo de memórias e recursos. Carregar na imagem para ver.

bibliobeiriz25abrillivros

Posted in 25 de Abril | Com as etiquetas : | 1 Comment »

“Poetas Andaluces”

Posted by Manuela DLRamos em Maio 2, 2014

——-

Poema original  “Balada para los poetas andaluces de hoy”  (1953) de Rafael Alberti – poeta andaluz de origem toscana que esteve exilado em Itália e na Argentina-  musicado por Manolo Díaz [1970] interpretado pelo grupo espanhol Agua Viva  (fonte Canzoni contro la guerra )

Para saber mais:

Posted in 25 de Abril, 25 poemas e canções para o 25 de Abril, Música | Leave a Comment »

Cantares de intervenção – 25 de Abril

Posted by Manuela DLRamos em Maio 2, 2014

Comemoração dos 40 anos do 25 de Abril
Cantares de Intervenção
AECAmpo Aberto,Beiriz
——
Cantar de Emigração

——
Os Bravos

Posted in 25 de Abril, Bibliobeiriz, Música na Escola | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

“Gente de Abril”

Posted by Manuela DLRamos em Abril 27, 2014

Painel com os retratos de “Gente de Abril” e cartazes com ilustrações sobre o 25 de Abril. (pelos alunos do 2º ciclo orientados pelos professores de EV/EVT).
Atividade integrada na Comemoração dos 40 anos do 25 de Abril.

 

Posted in 25 de Abril, EV/ EVT, História, Música | Com as etiquetas : | Leave a Comment »

“Menino do Bairro Negro” – José Afonso

Posted by Manuela DLRamos em Abril 25, 2014

meninodobairronegro

in Baladas de Coimbra, 1963 

Esta terá sido a canção preferida da mãe de Zeca Afonso, de acordo com Arménia Moutinho Rua, autora do site de onde se retirou a imagem com o poema .  E com ela terminamos a lista dos 25 poemas e canções para o 25 de Abril.  É uma escolha deliberada: as revoluções, que se prezam e importam, fazem- se para que todos os meninos dos “bairros negros” possam “tirar os olhos do chão”.
Como explica Zeca Afonso: «
A negritude de que fala o poema existe nos estômagos diagnosticados por Josué de Castro no seu livro “Geopolítica da Fome” » (fonte: Verso dos Versos)

Sobre a identidade do menino e do bairro que inspiraram o poeta leia- se também um elucidativo comentário publicado aqui : «Há pelo menos um livro onde na 1ª pessoa José Afonso esclarece onde se inspirou para esta canção – Livra-te do Medo-Estórias e Andanças de ZECA AFONSO de José A. Salvador, página 79: – MENINO DO BAIRRO NEGRO NASCEU NO PORTO— e o Porto ? : – O Porto foi para mim fundamental. Ia muitas vezes lá porque tinha amigos. Um deles ó Godinho que me deu a conhecer a cidade : a Ribeira , o Barredo. Tudo aquilo me chocou de uma maneira espantosa. A primeira vez que cheguei ao Porto depois de várias boleias era de noite…  Num dos bairros da Ribeira, vejo quatro tipos a urinar para dentro de uma lata . Era uma cena altamente surrealista, mas muito tripeira. Lembro-me de ter visto os meninos que pululavam por aquelas ilhas . Foi uma coisa que eu pensei que só existisse nos filmes . . .  O conhecimento do Porto de todas estas realidades é que me deu o tema do – Menino do Bairro Negro – Expliquei mais tarde que negritude de que falava a canção , não dizia respeito à cor da pele, mas à condição de meninos explorados diagnosticados por José Castro no seu livro Geopolítica da Fome .»

—————————–

Como se referiu no início, com esta canção perfaz-se o número de vinte e cinco: “25 poemas e canções para o 25 de Abrill” (série iniciada em abril de 2010, no ano em que se comemoram os “Oitenta anos de Zeca Afonso”, e que na altura ficou incompleta).

Foi uma escolha limitada, tendo ficado de fora algumas canções e poemas importantes sobre o tema. Para colmatar essa falta aconselha-se, por exemplo, o interessante programa  Os Dias Cantados,  em curso na Antena 2, assim como a completíssima página intitulada Poesia útil e literatura de Resistência de José Carreiro (entre outros).

Posted in 25 de Abril, 25 poemas e canções para o 25 de Abril, Zeca Afonso | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

“Maré Alta” – Sérgio Godinho

Posted by Manuela DLRamos em Abril 25, 2014

Espetáculo que reuniu Sérgio Godinho, José MÁrio Branco e Fausto em 2011

sobreviventesAprende a nadar companheiro
Aprende a nadar companheiro
Que a maré se vai levantar

Que a maré se vai levantar
Que a liberdade está a passar por aqui
Que a liberdade está a passar por aqui
Maré alta
Maré alta
Maré alta

Originalmente in Os Sobreviventes (1971/72)
Letra com cifras no natura.di.uminho.pt

 

Posted in 25 de Abril, 25 poemas e canções para o 25 de Abril | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

“Queixa das Almas Jovens Censuradas”

Posted by Manuela DLRamos em Abril 24, 2014

José Mario Branco canta poema de Natália Correia

do Álbum Mudam-se os Tempos, Mudam-se as Vontades > gravado em Paris, em 1971.

queixaNataliaCorreia

Ouvir Natália Correia a dizer o poema

 

Posted in 25 de Abril, 25 poemas e canções para o 25 de Abril, José Mário Branco, Natália Correia | Com as etiquetas : | 1 Comment »

Exposição Bibliográfica – 25 de Abril

Posted by Manuela DLRamos em Abril 24, 2014

Patente na Biblioteca até ao dia 2 de Maio
ET25abrilET25abril1

Consulta on line:

Centro de Documentação do 25 de Abril ( Universidade de Coimbra)
Os 40 anos do 25 de Abril nos media

Posted in 25 de Abril | Com as etiquetas : , , | 1 Comment »

“História de uma Flor” de Matilde Rosa Araújo no Cata Livros

Posted by Manuela DLRamos em Abril 24, 2014

historiadeumaflor Altura oportuna para relembrar a versão interativa do Cata Livros, da reedição deste pequeno conto de Matilde Rosa Araújo, publicado pela primeira vez em 1983 conjuntamente com A Velha do Bosque.

Como refere Ana Margarida Ramos na sua recensão na Casa da Leitura: «(…)editado autonomamente pela Caminho, com soberbas ilustrações de João Fazenda. A obra merecia este tratamento pela qualidade do texto e pela temática seleccionada. A autora cruza a dimensão simbólica com a histórica, criando uma metáfora particularmente expressiva da libertação ocorrida em Portugal a seguir ao 25 de Abril.»

Ver mais sobre o 25 de Abril no Scoop.it da Biblioteca

Posted in 25 de Abril, Cata Livros, João Fazenda, Matilde Rosa Araújo | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

“Já o tempo se habitua”- José Afonso

Posted by Manuela DLRamos em Abril 23, 2014

do álbum CONTOS VELHOS RUMOS NOVOS- 1969

Jaotemposehabitua

Fonte da letra

Posted in 25 de Abril, 25 poemas e canções para o 25 de Abril | Leave a Comment »

Os 40 anos do 25 de Abril nos media

Posted by Manuela DLRamos em Abril 22, 2014

Alguns meios de comunicação têm disponibilizado dossiês relativos ao 25 de abril e à comemoração dos 40 anos da “Revolução dos Cravos”. Aqui ficam os apontadores.

 

(atualizado 25 de abril 2018)

IMPRENSA

 

Público: http://www.publico.pt/25abril

25abrilpublico

25abrilsol

Visãohttp://visao.sapo.pt/conheca-ja-edicao-especial-da-visao-40-anos-do-25-de-abril=f777999

RÁDIO

Antena 1: http://www.rtp.pt/icmblogs/rtp/25-abril/index.php

25abrilantena1

 TSFhttp://www.tsf.pt/PaginaInicial/Portugal/Interior.aspx?content_id=3796985&page=-1

25abriltsf

TELEVISÃO

RTP-Arquivos

25abrilrtp

SIC Notícias:  http://sicnoticias.sapo.pt/especiais/40anos25abril

25abrilsicnoticias

Posted in 25 de Abril | Com as etiquetas : , , | Leave a Comment »

Pedra Filosofal- António Gedeão / Manuel Freire

Posted by Manuela DLRamos em Abril 14, 2014


A canção de hoje do programa da Antena 1 Dias Cantados

Manuel Freire «Em 1969 aparece no programa Zip-Zip onde lança Pedra Filosofal, com poema de António Gedeão, que popularizou e cuja interpretação lhe valeu o Prémio da Imprensa desse ano, em conjunto com Fernando Tordo.» Fonte
———
Pedra Filosofal
Eles não sabem que o sonho
é uma constante da vida
tão concreta e definida
como outra coisa qualquer,
como esta pedra cinzenta
em que me sento e descanso,
como este ribeiro manso,
em serenos sobressaltos,
como estes pinheiros altos,
que em oiro se agitam,
como estas aves que gritam
em bebedeiras de azul.

Eles não sabem que o sonho
é vinho, é espuma, é fermento,
bichinho alacre e sedento,
de focinho pontiagudo,
que foça através de tudo
num perpétuo movimento.

Eles não sabem que o sonho
é tela, é cor, é pincel,
base, fuste, capitel,
arco em ogiva, vitral,
pináculo de catedral,
contraponto, sinfonia,
máscara graga, magia,
que é retorta de alquimista,
mapa do mundo distante,
rosa dos ventos, Infante,
caravela quinhentista,
que é cabo da Boa Esperança,
ouro, canela, marfim,
florete de espadachim,
bastidor, paço de dança,
Colombina e Arlequim,
passarola voadora,
pára-raios, locomotiva,
barco de proa festiva,
alto-forno, geradora,
cisão de átomo, radar,
ultra-som, televisão,
desembarque em foguetão
na superfície lunar.
Eles não sabem, nem sonham,
que o sonho comanda a vida.
Que sempre que o homem sonha
o mundo pula e avança
como bola colorida
entre as mãos de uma criança.

Posted in 25 poemas e canções para o 25 de Abril, António Gedeão, Manuel Freire | Com as etiquetas : , , | 1 Comment »

25 de Abril- Sugestão de Leituras

Posted by Manuela DLRamos em Abril 24, 2013

25abril

Posted in 25 de Abril | Leave a Comment »